Por
Atualizado em
O projeto estabelece que as escolas deverão manter atualizados os dados cadastrais dos seus alunos e familiares.

Segundo a vereadora Adalgisa Ward é preciso propiciar segurança e integridade física aos alunos que vão para a escola por meio de transporte escolar.

 

A Câmara de Vereadores de Avaré aprovou na sessão legislativa da última segunda-feira (17) um Projeto de Lei que estabelece que a direção das escolas da rede municipal de ensino deverá comunicar aos pais ou responsáveis sobre a ausência dos alunos nas salas de aula, durante o período escolar diário.

Segundo a vereadora Adalgisa Ward, autora do projeto de lei, o objetivo não tem relação com a evasão escolar, que não é um problema recente do sistema educacional, e tem legislação específica; mas sim propiciar segurança e integridade física aos alunos que vão para a escola por meio de transporte escolar.

“Muitos pais vão para o trabalho preocupados com os seus filhos, que estão a caminho da escola. Com essa lei, poderão trabalhar sem preocupação sabendo que qualquer problema serão comunicados” – disse Adalgisa Ward.

O projeto estabelece que as escolas deverão manter atualizados os dados cadastrais dos seus alunos e familiares. Além disso, o corpo docente da unidade escolar deverão ser devidamente informados dos procedimentos que passarão a ser adotados para a implementação da lei.

“Constatada a ausência do aluno na sala de aula, imediatamente a família deverá ser contatada e informada sobre o fato, visando à adoção de medidas que possam garantir a segurança e integridade física do aluno” – completou Adalgisa.

Depois de sancionada, a Lei deverá ser regulamentada pelo Executivo no prazo de 60 dias.

Espalhe essa notícia

Luis Carlos Luciano

Luis Carlos Luciano é profissional na área de jornalismo. Trabalha como editor, redator e por vezes diagramador. Já prestou serviços para vários jornais da região e foi fundador de alguns veículos que ainda circulam, seja nesta ou em outras regiões do estado. Também é gráfico, farturense de origem, itaporanguense de coração, itaiense devido à profissão e palmeirense por paixão.