Ler mais">

The Wall

Por
Atualizado em
The Wall

The Wall

Bem bacana essa produção americano-chinesa que conta uma das lendas que cercam o mito de porque a Grande Muralha, na China, teria sido construída. No Século XV, dois mercenários brancos, William (Matt Damon, sempre bonitinho) e Tovar (Pedro Pascal) estão à procura da pólvora (aqui chamada de “pó negro”) quando se deparam com criaturas sanguinárias e famintas, que parecem aliens mas não são.

Na fuga, vão parar aos pés de um trecho da Grande Muralha, onde um grande exército local se prepara para enfrentar as criaturas, lagartos gigantescos e inteligentes, os quais, segundo eles, a cada 60 anos tentam cruzar a barreira para se alimentar de carne humana. Enfiados sem querer no meio da resistência chinesa, Damon e Pascal vão se virar para não fritar na boca das lagartixas infernais. Recheada de efeitos especiais grandiosos, o filme naufragou nas bilheterias dos EUA, onde faturou, até o presente momento, míseros U$ 50 milhões. Mas se segurou bem nos cinemas da China e outros mercados, onde já papou mais de U$ 300 milhões. O grande sucesso deste ano até agora, ao lado do charmoso “50 Tons Mais Escuros”, do qual falaremos muito em breve.

Espalhe essa notícia

19 visualizações
Carlinhos Barreiros

O autor é escritor, jornalista, crítico de cinema e literatura. Já lançou o livro de contos “Insânia” (ed-independente, esgotado) e está revisando, no momento, seu segundo livro, também de contos, intitulado “Alana e a Lâmpada Mágica”. Atualmente, mora em Piraju, ao lado de seu gato preto, Félix.