Por
Atualizado em
Liberação foi assinada no Palácio dos Bandeirantes
Liberação foi assinada no Palácio dos Bandeirantes

Marcaram presença também os deputados estaduais como Edson Giriboni, Dr. Ulisses Tassinari, Ricardo Madalena e João Caramez, os prefeitos Thiago Michelin(Itaí), Antonio Nakayoshi(Paranapanema), Gil Vicente (Campina de Monte Alegre), José Clovis – Bola(Taquarituba), Luiz Antônio Machado(Angatuba), Jair Carniato(Taguai), Paulinho Minozzi(Timburi), vice prefeitos e vereadores da região.

O governador Geraldo Alckmin ao lado secretário de Transportes Laurence Casagrande lançou nesta quarta-feira, 13 de Setembro em solenidade no Palácio dos Bandeirantes, a segunda etapa de recuperação viária da Rodovia Raposo Tavares entre Itaí a Itapetininga.
Essa obra beneficiará 227 mil moradores que transitam pela Rodovia Raposo Tavares (SP-270), no trecho entre Ourinhos e Itapetininga. Os investimentos estaduais totais para execução das obras passam de R$ 900 milhões de reais – aproximadamente R$ 600 milhões são da segunda etapa licitatória, e outros R$ 300 milhões já autorizados na primeira fase.

Nesta segunda fase, uma série de intervenções será realizada. Entre elas a recuperação de 100,6 quilômetros de pistas simples, a implantação de terceiras faixas em 54,8 quilômetros do lado direito e em 62,4 quilômetros do lado esquerdo, a implantação de acostamentos em 34,6 quilômetros do lado direito e em 40 quilômetros do lado esquerdo, além de um novo viaduto. Também será feita a revitalização completa da sinalização e melhorias no sistema de drenagem.

Neste último trecho, as obras foram divididas em quatro lotes, do 5 ao 8, e vão do km 169 ao km 295,4, beneficiando diretamente Itapetininga, Angatuba, Campina do Monte Alegre, Paranapanema e Itaí, municípios com população somada de 227.749 habitantes.

Nestes 126,4 quilômetros de extensão, serão realizados serviços para a duplicação de 26,6 quilômetros de pistas. Os serviços incluem também:

– Recuperação de 100,6 quilômetros de pistas simples;

– Implantação de terceiras faixas em 54,8 quilômetros do lado direito e em 62,4 quilômetros do lado esquerdo;

– Implantação de acostamentos em 34,6 quilômetros do lado direito e em 40 quilômetros do lado esquerdo;

– Implantação de um viaduto;

– Implantação de 17 dispositivos em nível (rotatórias);

– Implantação de 3 passarelas para pedestres no km 187,70, km 200,38 e km 244,21;

– Melhorias em 11 dispositivos já existentes (5 rotatórias e 6 viadutos);

– Melhorias no sistema de drenagem;

– Revitalização completa da sinalização.

Essa é a terceira maior obra rodoviária do Estado de São Paulo, atrás somente do Rodoanel e a Nova Tamoios. O montante do investimento será pelo Banco Mundial, por meio do Bird (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento), e pelo Banco Santander S/A, com garantia da Miga (Agência Multilateral de Garantia de Investimentos).

A expectativa é que as obras sejam iniciadas já em Fevereiro de 2018, gerando 470 postos de empregos diretos e 1.410 empregos indiretos.

“Nós acabamos de lançar o edital, mais de R$ 900 milhões. Serão 202 quilômetros de obras, sendo eles quase 60 km de duplicação, terceira faixa e acostamento, uma ligação estratégica entre o norte do Paraná, o oeste de São Paulo até a capital paulista. Isso vai promover desenvolvimento, fortalecer a agricultura, a pecuária, o comércio, serviços e o turismo, que está crescendo muito na região”, destacou o governador.

Passo-a-Passo

A partir da assinatura do governador, o DER já disponibiliza o edital nesta quinta-feira 14 de Setembro, obedecendo às regras da modalidade Licitação Pública Internacional – (LPI). A abertura dos envelopes contendo as propostas e os preços está agendada para o dia 31 de Outubro de 2017.

Obras em andamento

Desde 1º de agosto, já está em andamento a licitação para contratação dos primeiros quatro lotes da rodovia, do Km 295,4 ao Km 373. O trecho inclui Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes, Canitar e Ourinhos.

O valor orçado dos lotes 1 a 4 é de R$ 302,8 milhões. A abertura das propostas foi agendada para o dia 29 de setembro. Juntos, os dois editais, com oito lotes de obras, totalizam R$ 930,5 milhões obtidos por financiamento internacional, com investimento integral do governo do Estado.

Esta é uma publicação da Setor de Obras e Engenharia (Texto e Fotos)

 

Espalhe essa notícia

Luis Carlos Luciano

Luis Carlos Luciano é profissional na área de jornalismo. Trabalha como editor, redator e por vezes diagramador. Já prestou serviços para vários jornais da região e foi fundador de alguns veículos que ainda circulam, seja nesta ou em outras regiões do estado. Também é gráfico, farturense de origem, itaporanguense de coração, itaiense devido à profissão e palmeirense por paixão.