Prefeito de Itaí viabiliza recurso junto ao deputado Salim Curiati

Por
Atualizado em
Prefeito Thiago e assessor José Orleans e o deputado Curiati
Prefeito Thiago e assessor José Orleans e o deputado Curiati

O prefeito de Itaí Thiago Michelin esteve na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – ALESP juntamente com assessor José Orleans para encontro com o deputado estadual Antônio Salim Curiati com objetivo de viabilizar recurso para área de Saúde.

Nesta oportunidade, o gestor municipal de Itaí assinou um convênio no valor de R$ 100 mil reais destinados à equoterapia.

Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de Saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências ou necessidades especiais, como a síndrome de Down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, crianças muito agitadas ou com dificuldade de concentração, por exemplo.

“Assinamos esse importante convênio que poderá ajudar na qualidade de vida de muitas crianças e até adultos que necessitam de tratamento mais especifico como a equoterapia. Agradeço o ilustre deputado Antônio Salim Curiati que nos recebeu muito bem e está sempre disposto em ajudar a população Itaiense, muito obrigado por mais esse feito”, destacou prefeito Thiago Michelin.

Prefeito Thiago Michelin, Vice-governador Marcio França e José Orleans
Prefeito Thiago Michelin, Vice-governador Marcio França e José Orleans

Em outra ocasião o Prefeito Thiago e o assessor José Orleans estiveram com o vice-governador de São Paulo – Márcio França pleiteando recursos para infraestrutura.

Espalhe essa notícia

33 visualizações
Luis Carlos Luciano

Luis Carlos Luciano é profissional na área de jornalismo. Trabalha como editor, redator e por vezes diagramador. Já prestou serviços para vários jornais da região e foi fundador de alguns veículos que ainda circulam, seja nesta ou em outras regiões do estado. Também é gráfico, farturense de origem, itaporanguense de coração, itaiense devido à profissão e palmeirense por paixão.