Por
Atualizado em

Prefeito e vereadores acompanham o andar das obras

 

Texto e Fotos: NatanaelSSoares – Ao passar do tempo e das fortes chuvas ocorrida anteriormente, o asfalto de algumas ruas da cidade de Itaí foram danificadas, assim se formou buracos e até crateras no asfalto dificultando o tráfego dos veículos.

Mediante isso, a Administração Municipal de Itaí juntamente com Departamento de Serviço e Obras, realiza a operação Tapa-Buraco primeiramente utilizando uma máquina de corte de asfalto seguido de nova massa asfáltica nesses locais liberando assim o fluxo normal dos veículos nesses pontos da cidade.  

Essa máquina para corte de asfalto é uma máquina moderna utilizada por administrações de grandes metrópoles como São Paulo e Curitiba e por grandes construtoras. Essa máquina faz cortes com as medidas exatas e é utilizada para cortar vários tipos de asfalto, como asfaltos diluídos do petróleo, asfaltos oxidados por catálise (catalíticos), entre outros.

O trabalho da operação Tapa-Buraco está sendo realizado inicialmente nas vias públicas dos bairros Eldorado e Vila Capitão Cesário e será estendido por ruas e avenidas dos bairros e do centro da cidade.

O prefeito Thiago Michelin e os vereadores, estiveram na tarde desta quarta-feira, 19 de Abril, vistoriando o trabalho de Tapa-Buraco nesses respectivos bairros. Essa operação veio ao encontro do anseio popular que vinha solicitando melhorias de algumas vias públicas da cidade.

“Estamos empenhados e trabalhando firmemente para melhoria das vias públicas de nossa cidade, apesar das dificuldades, estamos gradativamente melhorando a infraestrutura viária tanto urbana quanto rural, pois nosso objetivo primordial é fazer de Itaí um município melhor para todos”, destacou o prefeito Thiago Michelin.

Espalhe essa notícia

Luis Carlos Luciano

Luis Carlos Luciano é profissional na área de jornalismo. Trabalha como editor, redator e por vezes diagramador. Já prestou serviços para vários jornais da região e foi fundador de alguns veículos que ainda circulam, seja nesta ou em outras regiões do estado. Também é gráfico, farturense de origem, itaporanguense de coração, itaiense devido à profissão e palmeirense por paixão.