Projeto ‘Reciclando o Natal’ ilumina e embeleza Itaporanga

Por
Atualizado em
Produtos recicláveis foram utilizados por escolas e entidades na montagem dos enfeites
Produtos recicláveis foram utilizados por escolas e entidades na montagem dos enfeites

Desde o início do mês de dezembro a população itaporanguense e os visitantes que já começam a chegar para as datas festivas, convivem com as emoções Natalinas apreciando as decorações e iluminações espalhadas em pontos estratégicos da cidade, principalmente na Praça João Abdalah, calçadão, Abadia, escolas e avenidas.

Toda a beleza do trabalho desenvolvido é objeto de Projeto “Reciclando o Natal” da Secretaria Municipal de Turismo visando a sustentabilidade educacional ambiental, preservação e reutilização de materiais recicláveis que podemos ver em todas as peças produzidas que se utilizam de pneus, material pet, cds já inutilizados etc…

O trabalho que encanta a população é digno de aplausos e foi realizado por todas as escolas do município, seja da rede municipal, estadual e privada, envolvendo professores, alunos, diretores, coordenadores e funcionários e contou também com a participação ativa das creches e da APAE.

Para o secretário da pasta, Cassiano Godoy, “o projeto visa a qualidade de vida, laser e embelezamento da cidade nessa época natalina, podendo proporcionar o Espírito de Natal para todos e principalmente para as crianças”.

Além do Projeto “Reciclando o Natal”, a população pode usufruir de um outro atrativo que é tradicional no município, a Feira da Lua que, excepcionalmente neste mês de dezembro, estará presente na praça toda sexta e sábado, oferecendo diversidade em alimentação e diversão.

Espalhe essa notícia

72 visualizações
Luis Carlos Luciano

Luis Carlos Luciano é profissional na área de jornalismo. Trabalha como editor, redator e por vezes diagramador. Já prestou serviços para vários jornais da região e foi fundador de alguns veículos que ainda circulam, seja nesta ou em outras regiões do estado. Também é gráfico, farturense de origem, itaporanguense de coração, itaiense devido à profissão e palmeirense por paixão.