Barão de Antonina não renova convênio com estado para merenda escolar

Por
Atualizado em
Rosângela Oliveira Lima Tossi, diz que alunos não ficarão sem merenda (Foto: TV TEM)
Rosângela Oliveira Lima Tossi, diz que alunos não ficarão sem merenda (Foto: TV TEM)

A Prefeitura de Baração de Antonina (SP) informou que não vai renovar o convênio com a Secretaria de Educação do Estado para o fornecimento da merenda escolar na Escola Estadual Sandra Regina Pires a partir de 2018.

Segundo o Executivo, a prefeitura é responsável pela merenda de duas escolas municipais e da estadual. Porém, informou que no ano que vem só vai atender as duas municipais, por não ter mais dinheiro para cuidar da merenda da escola estadual.

Ainda segundo a prefeitura, a alimentação será mantida normalmente até o fim do ano letivo. A partir do ano que vem, o estado ficará responsável pela merenda dos alunos da escola estadual.

Com o anúncio, um grupo de alunos da escola protestou em frente à prefeitura nesta quarta-feira (29) contra a não renovação do convênio. De acordo com eles, a medida preocupou todos em relação à merenda fornecida.

De acordo com a Dirigente Regional de Ensino de Itapeva, Rosângela Oliveira Lima Tossi, os estudantes não ficarão sem merenda e o Estado irá contratar uma empresa para fornecer os alimentos.

“Uma vez que o município informa que não tem interesse em dar continuidade ao convênio, temos que tomar as medidas para atender esses alunos em tempo hábil no primeiro dia letivo. Então, se a merenda não será feita através do convênio, vamos abrir um processo licitatório para a contratação de uma empresa que vai executar o serviço de manipulação de merenda, então a merenda será servida”, explica.

A Secretaria de Educação do Estado informou que está tomando as providências para fazer os trâmites legais e manter a qualidade na distribuição e preparação dos alimentos em 2018.

Espalhe essa notícia

9 visualizações
Luis Carlos Luciano

Luis Carlos Luciano é profissional na área de jornalismo. Trabalha como editor, redator e por vezes diagramador. Já prestou serviços para vários jornais da região e foi fundador de alguns veículos que ainda circulam, seja nesta ou em outras regiões do estado. Também é gráfico, farturense de origem, itaporanguense de coração, itaiense devido à profissão e palmeirense por paixão.