Reeducandos executam reforma da Escola Municipal Elza Rolim em Itaí

Por
Atualizado em
Trabalho de pintura na Escola Elza Rolim

Em Julho, 61 Escolas públicas ganham novo visual incluindo a Escola Municipal Elza Aparecida Cagliari Rolim em Itaí.

A tarefa foi realizada por 25 reeducandos do regime semiaberto da Penitenciaria “Cabo PM Marcelo Pires da Silva” de Itaí, que foram selecionados para receber qualificação profissional por meio de programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (SDECTI), que oferece aulas práticas de pintura em prédios públicos.

Nesta etapa são contemplados 41 municípios paulistas, desde a capital até o extremo oeste do Estado, sendo pintadas escolas estaduais, municipais e escolas técnicas estaduais.

Essa ação é uma parceria entre a SDECTI, a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), Secretaria de Estado da Educação (SEE) e secretarias municipais de Educação. Os cursos possuem dois módulos, divididos em 25/horas de aulas teóricas e 75/horas de práticas. As cidades foram escolhidas de acordo com a demanda de reeducandos na região. Na rede estadual, sempre nos meses que antecedem a volta às aulas, a SEE organiza atividades práticas de manutenção e limpeza nos prédios.

A ação, iniciada em 2016, já qualificou 27.115 reeducandos e contemplou 210 escolas (números já incluindo as escolas que estão sendo pintadas neste mês) e outros 290 equipamentos públicos, entre eles, hospitais.

Com informações de Caio Daniel – Ass. Técnico II – Comunicação e Imprensa da SAP

Espalhe essa notícia