A Arte dentro e fora da escola é debatida em encontro

Assessoria de Comunicação
Assessoria de Comunicação Itaporanga
A artista e os representantes das cidades presentes

A Itaporanguense e Artista Plástica Adriana de Jesus Padilha, promoveu um encontro com cinco representantes da Educação e Cultura de Itaporanga, Barão de Antônina e Riversul para reflexão e discussão sobre a Arte e suas abrangências dentro e fora da escola, e na ausência de um museu na cidade, expôs suas obras de arte no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo-Itaporanga-SP; representado pelo Juiz de Direito Substituto Vinicius José Caetano Machado de Lima, qual respeitosamente, cedeu o espaço para a Artista expor suas obras.

O objetivo é levar ao público interiorano a linguagem contemporânea trazendo uma abertura para levar a prática artística dentro das escolas.

Duas obras apenas foram apresentadas, porém a repercussão as levaram até a discussões e debates no Paraná, onde foram expostas no Salão de Artes Visuais de Pinhais 2018, a obra que faz uma crítica à situação política e social atual do país, ganhadora de Premiação destaque-Eduardo Edah. E também a obra com o título "Corpo Inquieto”, resultado de uma pesquisa em poéticas visuais, tratando de um corpo humano perceptivo e emocional; exposta no ano de 2015, no Memorial de Curitiba. Obras contemporâneas que chamam à atenção do expectador, devido ao tamanho que foi executada e pelas diversas linguagens e interpretações, impactando o ambiente do Fórum.

A carência de Museus em cidades do interior já é discutida entre artistas e intelectuais da região, como também foi discutido na reunião "REFLEXÃO E DISCUSSÃO: ARTE CONTEMPORÂNEA DENTRO DA SALA DE AULA”, realizada entre Secretarias de Educação e Cultura no dia 22/03/2019, às 17:00 horas. O Secretário de Cultura e Turismo, Cassiano Godoi, esteve presente e comentou do forte desejo desta realização em Itaporanga-SP.

Entre outros participantes do debate estiveram presentes na reunião, os Secretários (as) de Educação Luciane Furtado, representando as escolas de Barão de Antonina, Marta da Silva Batista, representando as escolas de Riversul; Roberto Aparecido da Silva e a professora de arte Zenaide Belutti, representando as escolas de Itaporanga-SP.

Todos os presentes juntamente com a Artista Adriana Padilha, discutiram as possibilidades de inserção nas escolas e no cotidiano do aluno infantil e juvenil. Ao longo da reunião foi realizada leitura das obras e o conceito de cada observador foi colocado em discussão em reflexão. A artista também convidou a todos para uma experimentação, da prática artística feita em papelão e tinta pastel seco. Todos os participantes demonstraram suas emoções a partir da palavra "ANGÚSTIA”, ditada pela artista.

A reunião terminou com a reflexão da extrema importância do acesso à esse meio de linguagem e expressão pelos alunos interiorano devido ao pouco conhecimento dessa linguagem.

Com o propósito de união entre os municípios e responsáveis pelas pastas, para realização de projetos e encontros com o mundo das artes contemporâneas, que também relaciona não somente as artes visuais, mas com a música, teatro, dança entre outras ações. As cidades interioranas são ricas na sua cultura e precisam desenvolver melhor seus cidadãos.

E assim está acontecendo, de maneira conjunta e integrada iniciando a inserção da Cultura e arte dentro no pequenos Municípios de nossa micro região.

Texto e Fotos: Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Itaporanga