MP nega liminar para prefeito cassado de Itaporanga voltar ao cargo

Redação
Redação Itaporanga
Fórum de Itaporanga

Em despacho na noite desta quinta-feira (28) o Ministério Público do Estado de São Paulo, representado pelo promotor Vinícius Bonesso Guillem, indeferiu o pedido de liminar proposta pelo ex-prefeito Vilson Aparecido Rodrigues “Cacheta”, impetrada pelo seu advogado Dr. Renato Ribeiro de Almeida solicitando a Ação Declaratória de Nulidade do Processo Político-Administrativo, com pedido de tutela de urgência.

O pedido de liminar se baseava em possíveis erros cometidos na sessão, como prolongar a sessão depois da meia noite sem requerimento para tal e extrapolar o prazo permitido por lei para o encerramento da CP. O que não foi o entendido pelo Ministério Público.