Briga entre vizinhos por motivos fúteis termina em morte em Itaporanga

Luis Carlos Luciano
Luis Carlos Luciano Polícia
A vítima, o pedreiro Antônio Firmino - Foto Face book

Uma discussão por motivos banais entre vizinhos em Itaporanga na tarde de terça-feira, dia 09, acabou em tragédia, quando um dos envolvidos acabou sendo morto ao ser atingido por vários golpes de barra de ferro na cabeça.

A Polícia Militar foi informada por volta das 16h26 de um caso de briga entre dois homens na Rua Sebastiana Clarina da Veiga Rodrigues, no Bairro Campinho. Dirigindo-se ao local, a equipe policial encontrou o corpo da vítima, o pedreiro Antônio Firmino, de 54 anos, caído sem vida ao chão, com a cabeça esfacelada por golpes de barra de ferro, desferida pelo agressor Amauri Benedito da Silva, de 47 anos.

Segundo consta, horas antes os envolvidos já haviam discutido por motivos fúteis e o agressor Amauri esperou a vítima Antônio passar em frente à sua casa para golpeá-lo, ceifando lhe a vida.

A Polícia também encontrou o agressor Amauri, na residência do mesmo se mostrando bastante alterado, mas acabou convencendo-o a se entregar. Amauri foi preso, algemado e junto com a barra de ferro foi apresentado na Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante por homicídio e segue preso aguardando audiência de custódia.

Uma outra viatura da PM ficou preservando o local e o corpo de Antônio até a chegada da equipe do I.C – Instituto de Criminalística de Avaré para perícia e em seguida, encaminhado pelo serviço funerário ao IML de Avaré-SP para exame necrológico.

O corpo do pedreiro chegou do IML em caixão lacrado por volta das 00h30 desta quarta-feira e está sendo velado no Velório Municipal de Itaporanga. O seu sepultamento no Cemitério de Itaporanga está previsto para as 14h desta quarta-feira (10)