Em Itaí, trio é preso após invadir boate, ameaçar e fazer reféns

Luis Carlos Luciano
Luis Carlos Luciano Polícia
Arma e munição apreendida na operação policial

Por volta das 16h20m da tarde do dia 23 de novembro a Polícia Militar foi acionada para atendimento de ocorrência no Residencial Marajoara, Itaí/SP, onde indivíduos estariam armados em uma boate mantendo várias pessoas em cárcere privado.

Chegando no local foram abordados os elementos J.F.B., G.S.S., M.F.A.S e durante as buscas foi encontrado um revólver calibre .38 com 11 munições que havia sido utilizado por um quarto indivíduo, conhecido por W.B. que ao perceber a presença policial veio a se evadir do local.  Através de uma incursão tática a Polícia Militar, conseguiu libertar as vítimas que estavam encarceradas.

Conforme declaração das pessoas envolvidas, os indivíduos teriam chegado na boate fazendo bagunça, dizendo que faziam parte de uma facção criminosa, ameaçando-as de morte, proibindo-as de sair daquele local, pois sofreriam um julgamento.

Diante das informações, os criminosos, foram conduzidas ao plantão policial, onde foram autuados em flagrante delito, pelo crime de Cárcere Privado/Porte Ilegal de Arma de Fogo, permanecendo a disposição a Justiça.