Sicredi Novos Horizontes Itaí
Região

Prefeitura de Piraju alerta para aumento de casos de mordidas por animais silvestres

Em junho, a vítima foi uma criança de dois anos mordida por um macaco.
Foto: Google Maps/Reprodução

A Prefeitura de Piraju, no interior de São Paulo, emitiu um alerta devido ao aumento de mordidas por animais silvestres no município. Segundo dados da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, o caso mais recente ocorreu em junho, envolvendo uma criança de dois anos que foi mordida por um macaco.

Desde janeiro até o momento, o departamento registrou 17 notificações de mordidas de animais, sendo 12 causadas por cães e gatos e cinco por animais silvestres.

"A incidência de casos envolvendo animais silvestres é preocupante, especialmente porque muitos desses ataques poderiam ser evitados, já que a população está invadindo o habitat desses animais", alertou a prefeitura.

Os registros específicos de mordidas por animais silvestres foram os seguintes:

Fevereiro:

Quati - vítima de 71 anos

Abril:

Morcego - vítima de 70 anos

Macaco - vítima de 25 anos

Maio:

Macaco - vítima de 2 anos

Junho:

Macaco - vítima de 2 anos

Em 2023, foram notificadas 30 ocorrências, sendo 22 por mordidas de cachorro, quatro por gato, três por macaco e uma por quati.

A prefeitura orienta que ao frequentar áreas com animais silvestres, é fundamental evitar alimentá-los e respeitar as placas de sinalização dos locais. Além disso, foram listadas recomendações em caso de acidentes:

Lavar imediatamente o ferimento com água corrente e sabão ou detergente;

Desinfetar o ferimento com antisséptico;

Não suturar as lesões, a menos que seja indicado para reparação;

Não utilizar a mesma seringa para aplicação do soro e da vacina.

A prefeitura também informou que, ao ser notificado, o Departamento de Saúde solicita o soro antirrábico ao Grupo de Vigilância Epidemiológica Estadual conforme necessário.

Fonte: portal G1