Corpus Christi Solidário de Avaré vai novamente arrecadar fraldas geriátricas

Redação Variedades
A arrecadação de fraldas geriátricas superou as expectativas dos organizadores no ano passado.

Mais uma vez as paróquias da cidade se unem para realizar o já tradicional Corpus Christi Solidário em Avaré. É o sétimo ano consecutivo que as igrejas católicas promovem ação solidária juntamente com uma das festas mais importantes para o catolicismo, pois celebra o mistério da eucaristia, ou seja, o sacramento do sangue e corpo de Jesus Cristo.

Além da costumeira decoração das ruas centrais com tapetes ornamentais, a proposta é colocar sobre o leito dessas vias também produtos de higiene pessoal oferecidos pela comunidade. Entretanto, o foco maior das doações serão as fraldas geriátricas, nos tamanhos G e GG, a exemplo do que ocorreu no ano passado.

As fraldas já estão sendo recolhidas nas secretarias paroquiais ou nas igrejas de Nossa Senhora das Dores, São Benedito, São Judas Tadeu, São José, São Pedro Apóstolo e Nossa Senhora de Fátima. Também durante o feriado de Corpus Christi as doações poderão ser entregues tanto no Largo São Benedito como na Praça Padre Tavares, fronteiriça ao Santuário da padroeira da cidade.

Os produtos doados serão recolhidos, embalados e entregues aos membros da Sociedade de São Vicente de Paulo e da Cáritas Paroquial de São Benedito, organismos encarregados da distribuição aos enfermos necessitados.

ORIGEM - A origem da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo começou no século XIII, mais precisamente em 1269. A Igreja Católica viu a necessidade das pessoas sentirem a presença real de Cristo. De acordo com a história, existia um sacerdote chamado Pedro de Praga que vivia angustiado por dúvidas sobre a presença de Cristo na Eucaristia. Decidiu então ir em peregrinação ao túmulo dos apóstolos Pedro e Paulo em Roma, para pedir o dom da fé. Ao passar por Bolsena, na Itália, enquanto celebrava a Santa Missa, foi novamente acometido pela dúvida. Na hora da Consagração veio-lhe a resposta em forma de milagre: a hóstia branca transformou-se em carne viva. O Papa Urbano IV pediu para que os objetos fossem levados para Oviedo em uma grande procissão, e foi nesse momento que a festa de Corpus Christi foi decretada.

No Brasil a celebração de Corpus Christi é marcada por procissões em diversos estados brasileiros. A procissão é feita nas ruas, onde as pessoas podem testemunhar e adorar a representação do Corpo e Sangue de Cristo.

Fonte: A Comarca – O Victoriano

Mais notícias